A importância das políticas públicas para a vida saudável e sustentável

WhatsApp Image 2019-03-26 at 15.46.10 (1)
Foto de Simone Carrocino

Diversas ações realizadas pelas entidades civis e públicas evidenciam a importância do fortalecimento da cadeia alimentar mais justa, para assegurar maior qualidade de vida à sociedade

A biblioteca do Instituto Maniva reúne materiais ricos em informações sobre um tema pertinente: a vida saudável. Por trás do assunto, há outros tópicos elencados, como a agroecologia, a sustentabilidade, a conscientização alimentar e do meio ambiente, a eco gastronomia. Todos os arquivos trazem diretrizes para somar na transformação dos hábitos sociais nocivos à saúde.

A fim de nortear e reeducar a sociedade para que todos tenham qualidade de vida, acesso a boa alimentação, saúde e bem estar, o Ministério da Saúde desenvolveu diversas ações, pesquisas e materiais, em parcerias com entidades civis e públicas. Entre elas, é importante ressaltar a atuação do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA), interlocutor que busca equidade na cadeia alimentar, por meio do fortalecimento dos produtores familiares rurais, da difusão do conceito de comida de verdade e do respaldo de ações em prol da conscientização social quanto ao consumo de alimentos e ao meio ambiente.

Dentre as iniciativas, o CONSEA, ao lado da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN), participou da elaboração do material para o Simpósio Regional sobre Sistemas Alimentares Sustentáveis para uma Alimentação Saudável, realizado em 2017, em El Salvador.

O evento é uma iniciativa da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) e da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), cuja finalidade, na ocasião, foi discutir estratégias que revertessem o quadro de pessoas em condição de vulnerabilidade, integrantes do mapa da fome, e metas para a transformação do sistema alimentar por meio do apoio à sustentabilidade, equidade, alimentação saudável, enfraquecendo, desta maneira, maus hábitos alimentares adquiridos por meio da campanha maciça do agronegócio.

Atendendo a recomendação para que governos e atores nos sistemas alimentares propusessem estratégias políticas e programas para uma cadeia alimentar mais justa e sensível à nutrição, a CAISAN preparou o material, que integra o acervo do Maniva, após realizar a consulta nacional para definir as diretrizes que seriam expostas no simpósio e, consequentemente, adotadas no país.

O documento traz dados sobre o impacto do consumo alimentar para a saúde, como o aumento do desenvolvimento de diabetes e obesidade, doenças decorrentes da má alimentação. Evidencia a importância de uma governança intersetorial, para atuações em prol da alimentação saudável, o apoio e fortalecimento estrutural à agricultura familiar e o progresso quanto à governança da Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil, que nos últimos anos, por meio da atuação da sociedade civil e do Estado, garantiu a redução da fome, da desnutrição e subalimentação no país.

 

*O material pode ser conferido na biblioteca virtual do Instituto Maniva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: